Metodologias ativas

Verdade ou mito: Para usar metodologias ativas é preciso abrir mão do conteúdo escolar

- Carol, como vou usar Metodologias Ativas? Tenho que dar conteúdo!

Desde que comecei a trabalhar com formação de educadores ouço muito esses questionamentos, principalmente dos professores que estão tendo os primeiros contatos com as metodologias ativas. Mas tudo é um processo, uma mudança, uma transformação que requer tempo e compreensão.

Culturalmente falando, estamos acostumados a apoiar nossas aulas nos livros didáticos e apostilas, ser cobrados para cumprir um planejamento programático e dar “N” capítulos por ano. Mas, em geral, não nos programamos em como oferecer e desenvolver o conteúdo escolar.

Nós adultos estudamos em colégios com pouco ou nenhum recurso tecnológico digital, grande parte das aulas se baseavam em copiar resumo do quadro, ler livro, corrigir exercícios de casa e fazer provas. Na graduação não se fugiu muito disso, mas acrescentamos seminários e apresentações de artigos científicos.

Até que, BOOOM!! Surgiram as tecnologias digitais, smartphones, internet e automações, marcando um tremendo colapso na mente dos professores. E agora? Como lecionar nesse século XXI? O professor não pode ser mais o principal disseminador de conteúdo, porque a informação está a apenas 1 clique e gratuitamente na internet.

Observe que a aprendizagem é uma dança que requer ritmo, cinergia entre a música e os passos, e evolução constante. Precisamos, então, repensar nessa transformação na atuação do professor.

A melhor forma de fazer os ajustes entre a “música e os passos na dança”, ou seja, entre aluno e professor em sala de aula, é usar as Metodologias Ativas.

Através dos 3 pilares das metodologias ativas podemos mudar o formato da didática sem comprometer o conteúdo a ser lecionado.

Mas quais são estes pilares das metodologias ativas?

  1. Incentivo: afeto, motivação e empatia
  2. Conteúdo: através da aprendizagem significativa
  3. Interação: desenvolvimento interpessoal, apresentação em público, feedbacks positivos e negativos

O incentivo é a chave principal para o sucesso da aprendizagem. Precisamos promover uma conexão com os sentimentos do aluno para que, através da empatia, os novos conteúdos sejam analisados, interpretados e memorizados (não decorados!). Através do incentivo obtemos a atenção e obtemos melhor resultado no desempenho escolar.

Já o conteúdo, independentemente se for metodologia ativa ou tradicional, é fundamental e nunca poderá ser descartado, o que muda é a forma de ser apresentado e conduzido. A partir do momento que percebemos que o aluno encontra toda a matéria na internet, ela passa a ser um concorrente do professor, na atenção dele. Precisamos, portanto, repensar qual será o diferencial da nossa aula e como transformar o conteúdo digital em aliado e complementar à escola. A resposta para esse problema é usar a aprendizagem significativa.

E por fim, o terceiro pilar: a interação. As interações professor-aluno, aluno-aluno, aluno-comunidade escolar, fortalecem e desenvolvem ainda mais as habilidades interpessoais. É através desse pilar que o aluno vai ouvir opiniões, divergências, elogios, críticas, experiências, dicas; depois criar um raciocínio lógico, argumentações, posicionamento pessoal, pensamento crítico, uma solução ou protótipo através de sua criatividade; e então, entregar e apresentar para os colegas de classe, professor, escola, pais ou comunidade escolar completa.

Agora, respondendo a pergunta do título, é MITO. As metodologias ativas são práticas pedagógicas que vão servir de ferramentas para trabalhar o conteúdo escolar em sala de aula.

Vamos repensar as nossas práticas pedagógicas e atuações na docência?

TRANSFORME SUA FORMA DE LECIONAR!

Aprenda como as Metodologias Ativas vão impactar seus alunos

Somos a maior comunidade de professores inovadores do Brasil!


Percebemos que a evolução da sociedade é constante e que a educação não pode ficar para trás! Dessa forma transformamos a carreira do professor para acompanhar a modernidade e a inovação na forma de lecionar.

Parceiros e apoiadores

Contate-nos


Entre em contato